Quando é hora de trocar o pneu do seu carro? PDF Imprimir E-mail
Matérias - Assuntos Gerais

Chamada_artigo_pneus

 

 

Quando é a hora de trocar o pneu do seu carro

 

Saber a hora de trocar os pneus do carro não é uma tarefa difícil, mas é preciso estar atento aos sinais. Luzes de alerta acesas no painel, ruídos estranhos, vibrações diferentes, aumento no consumo do combustível, fumaça… Tudo isso pode ser preocupante. Afinal, além de serem um fator de segurança, os pneus são importantes para o veículo manter um bom desempenho.

Ruídos e vibrações
Alguns barulhos internos ou externos do carro podem indicar que é hora de trocar os pneus. Eles podem ser reflexos de uma roda desbalanceada ou desalinhada, (ou seja, pneus em desequilíbrio) ou da formação de bolhas ou deformações.

Aumento do consumo de combustível
Mais um sinal: a pressão irregular do pneu também pode influenciar na quantidade de combustível que um carro consome. Isso acontece porque o motor precisa fazer mais força para mover o veículo, ou seja, o carro acaba ficando “mais pesado”.

Pneus que cantam frequentemente
Este alerta é difícil não perceber. Se o pneu está cantando com mais frequência do que deveria, mesmo sem que você solte a embreagem com rapidez ou com o motor em alta rotação, é bom verificar o estado dos seus pneus: eles podem estar perdendo a capacidade de aderência ao solo e é hora de trocá-los.

Prazo de validade
Segundo os fabricantes, a validade do pneu é de cerca de cinco anos. Depois disso, ele pode ressecar e pode haver o desgaste da borracha. Na lateral do pneu, há uma marcação perto da sigla DOT. Os quatro últimos números representam a semana e o ano da fabricação. 2010, por exemplo, quer dizer que ele foi fabricado na vigésima semana de 2010. A partir daí, conte cinco anos.

O desgaste da borracha
Quando os sulcos do pneu têm menos de 3 milímetros de profundidade, eles perdem em performance e a aderência - seja em pista seca ou molhada. Isso prejudica
a dirigibilidade, principalmente, em momentos de aquaplanagem. Fique atento ao desgaste da borracha que acontece, em geral, entre 50 e 60 mil quilômetros rodados.
Dica importante: Como explicam os profissionais da Itaro, para checar a profundidade dos sulcos, deite um palito de fósforo sobre um deles. Se a cabeça do palito não estiver completamente coberta pelo sulco é hora de realizar a troca. Alguns pneus são desenvolvidos com um indicador de vida útil, chamado TWI, localizado entre os sulcos. Quando a banda de rodagem fica rente ao TWI, é hora da troca os pneus.




 


 

 

Tire mais dúvidas no fórum aqui do Carro Esporte.  CLIQUE AQUI e participe do nosso fórum! 

Texto: Roberto Amaral